4.12.09

E não lhe queima a língua?

Sócrates, uma vez mais, mostrou que não tem um pingo de vergonha. Como é que aquele tipo ainda se acha no direito de falar em ética e moral depois de todos os casos em que está metido até à medula?

2 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
3RRR (Henrique Freitas) disse...

Caríssimo Sancho,

é como eu digo: aparece porcaria, remexemos um pouco e salta à tona o nome de Sócrates. Está em todas...

Grande abraço