8.10.05

Pormenor

Consta que uma câmara do norte da ilha, - não quer dizer nortenha,- apresentou na última semana o troço da via-expresso que passa pelo concelho.

Para satisfação dos munícipes, praticamente não é necessário fazer expropriações. O traçado escolhido coincide com o vale de um ribeiro. Evitam-se chatices e proprietários furiosos com o governo.

O engraçado nesta estória, é que a sessão pública de esclarecimento aconteceu na respectiva Câmara Municipal, à revelia do dono da obra. Na Secretaria Regional do Equipamento social, ninguém tem conhecimento do tal novo projecto de execução da via-expresso.

Porque será que isto acontece?

8 comentários:

Anónimo disse...

Angelino, tás a picar? Muito bem. Também vais democraticamente impedir que te juntem posts?

A mosca disse...

Angel, falemos de coisas mais sérias porque essa merda das estradas - e do mamanço - já irrita (eles continuam todos as mamar e a malta a chupar no dedo). Tudo em nome da democracia popular. Diz-me uma coisa: novidades da RTP da Madeira?

caipirinha disse...

Mau, mau. Angelino, se continuas assim rebelde, vais ser expulso do Blog pelo duo fantástico Bruno/Gonçalo.

Turista disse...

Os únicos democraticamente inteligentes.

Angel disse...

já é Público, mas como foi pedido por várias famílias, informo que o novo director do serviço de rádio e televisão na Madeira chama-se Leonel Freitas.

Desde já desejo-lhe as maiores felecidades no novo cargo

Anónimo disse...

Afinal ainda não é dado acente que o Leonel seja director da RTP-M. O Sr. jornalista parece andar mal informado. A porta do gabinete fica assim tão longe?

Anónimo disse...

Acente ou assente? :)

Angel disse...

A notícia veio no Público, é por isso, que disse que era "Público".

Os pormenores fazem a diferença