29.8.05

Que o verão acabe depressa!

A semana acabou com uma declaração de intenções: Se os vis espanhóis - liderados, ao que se supõe, por descendentes da Duquesa de Mântua - continuarem inconformados com o desfecho do 1 de Dezembro de 1640, insistindo em reconquistar a pátria lusa, a Madeira declara independência.

Monteiro Diniz, apesar do capital de simpatia que detêm por estas bandas, corre assim o risco de encarnar Miguel de Vasconcelos, podendo ser defenestrado no Palácio de São Lourenço, juntamente com os representantes locais da maçonaria (mesmo queles que equipam de "laranja") e, acredita-se, com o consul honorário.

Esperemos que o Rei Juan Carlos aceite bem a traição da Região rebelde... E que o Verão acabe depressa.

1 comentário:

Sancho disse...

Fabuloso, Gonçalo, parabéns!

PS - Se bem que ridículo por ridículo, a carta do leitor do DN-Madeira não fica nada atrás.