25.8.05

A propósito


Capa da edição russa de 1923 de "A propósito Disto", de Maiakowski. Fotografia de Alexander Rodchenko.

Escárnios

"Desatarei a fantasia em cauda de pavão num ciclo de matizes, entregarei a alma ao poder do enxame das rimas imprevistas. Ânsia de ouvir de novo como me calarão das colunas das revistas esses que sob a árvore nutriz escavam com seus focinhos as raízes".

Vladimir Maiakowski

3 comentários:

Anónimo disse...

This blog is awesome! If you get a chance you may want to visit this PDF Writer site, it's pretty awesome too!

Anónimo disse...

Hi Just looking at your site and I was impressed. If you like take a look at Ebook Affiliate Program You might change your life.

Regards

Anónimo disse...

Tenho ali um livro interessante deste poeta russo que claro se despachou com um tiro na cabeça...
Chama-se O Percevejo e é uma sátira ao comunismo...
EB