3.2.10

Mais uma cabala. É a vida!

Mário Crespo é, indiscutivelmente, um dos jornalistas de referência da televisão portuguesa. É um profissional sério e competente.

Se as duas frases escritas acima fossem publicadas há duas semanas neste blog, a "caixa de correio" teria recebido uma série de comentários elogiosos do género

devia era haver mais como ele

aquilo é que é um jornalista

etc.

Curiosamente, após o jornalista ter denunciado uma atitude no mínimo questionável desse arauto da democracia que é o "primeiro" Sócrates, a dita caixa deverá receber comentários inflamados a referir mais uma terrível cabala contra aquela espécie de "madre Teresa", aquele poço de virtudes e de qualidades, aquele exemplo de honestidade e de rectidão chamado José Sócrates.

É a vida, como diria o Toneca do Contra-Informação... É a vida, de facto.

Depois, há quem queira ser levado a sério quando denuncia pressões políticas na Madeira. É a vida!

Post-Scriptum: Acompanho há muitos anos o trabalho de Mário Crespo enquanto jornalista, por isso mesmo desafio quem quiser, com o mínimo de bom-senso, a denunciar qualquer laivo de parcialidade naquilo que escreve, diz ou publica.

Chamar "operação de marketing" a uma denúncia que pode pôr em risco a carreira de Mário Crespo enquanto jornalista é risível.

Creio é que a denúncia deveria servir para que todos nós pensássemos sobre a qualidade da nossa democracia - inclusive sobre a qualidade da democracia na Madeira - e sobre o clima de fim de regime que paira sobre este desgraçado país, com as instituições (quase todas elas) desacreditadas.

Post-Scriptum 2: Tenho o prazer de conhecer pessoalmente Mário Crespo, com quem já estive por mais de uma vez. Dele, tenho a melhor das impressões e não hesito em classificá-lo como uma das pessoas mais educadas que conheço.

5 comentários:

Sancho Gomes disse...

mas esta então, é de loucos: um jornalista de créditos firmados, indiscutivelmente, um dos mais prestigiados jornalistas portugueses (de sempre) anda a criar inventonas para prejudicar esse farol da democracia e competência que é sócrates! digno de estar entre as melhores 10 piadas de sempre.

hg disse...

De loucos!! O sr. Sócrates a tentar destruir um jornalista como o Mário Crespo!!

Anónimo disse...

Não me choca que o Sócrates tenha feito qualquer comentário sobre o Medina e o Crespo, o que me choca é que se dê relevância a essa questão e se passe a ideia que eles estarão a ser perseguidos. Primeiro, a versão do Crespo não é do próprio mas de um anónimo, segundo o JN não é obrigado a publicar um texto de opinião que naquele caso transformara-se numa questão pessoal e que envolvia uma fonte anónima e pessoas que não teriam sido chamadas a fazer o contraditório, terceiro colocar a hipótese de perseguição quando o jornalista trabalha para uma televisão privada com a conveniência do seu proprietário até não ser do partido do poder é absurdo.

Esta é mais uma polémica empolada para tentar sobrepor-se a outras que interessa ao PS nacional manter na ordem do dia.

À oposição não interessa que prevaleça a novela da LFR...e não tenham dúvidas que esta é uma polémica que interessa ao PS nacional e ao PSD regional. Qualquer que seja o resultado desta novela ganharão os protagonistas atrás mencionados. Os socretistas ficarão mais socretistas e o jardinistas o mesmo (a táctica do inimigo externo).

O César dos Açores até podia ajudar o Sócrates nesta táctica mostrando a sua solidariedade para com o país, neste momento de crise, bla, bla,bla,bla, prescindindo por exemplo de 5% das transferências nacionais e desafiando a Madeira a fazer o mesmo. Se uma região com um PIB de c/ 75% o faz também o pode fazer uma região que apresenta um de c/ de 120%. Facilmente justificava-se perante os açoreanos afirmando que o fazia para não por em causa as transferências futuras. Se o país entrasse em bancarota no futuro não haveria nada para ninguêm, bla, bla. O AJJ desta forma ficaria condicionado de tal forma que teria que meter a viola no saco.

amsf

Blueminerva disse...

Primeiro foi a Manuela Moura Guedes (yack!) e agora Mário Crespo. Segue-se alguém da RTP hum...

jacinto gouveia disse...

A isenção do Sr. Mário Crespo será que não pode ser questionada depois de ter participado em iniciativas de arautos de liberdade de imprensa como é o caso do PSD - M ?